As moças da Barbargia: Não são e jamais serão servas de ninguém…

Sardegna Sa Terra Mia

ragazer de sa emus frore

Dedicado a todas as mulheres da Sardenha, mas especialmente as  fantásticas sardas retratados nas fotos que foram capazes de obter das mulheres envolvidas as interpretação e a memória Deleddiana, protagonistas dos belas romances da escritora. Belas imagens e belas jovens.

“Sangue selvagem, sensibilidade aguda, bruxas da natureza. Capaz de infinito amor e vingança terrível se sua dignidade é pisoteada. Quando as vê acha que é a terra que abraça o infinito e você pode se perder em seus olhos escuros.

Alguns as chamam de sensualidade, outros inteligência, outros senso de ironia, para mim é o testemunho de que são seres que realmente sabem como dialogar com a alma Profunda. São mestras da vida, disfarçadas de boas meninas e a única coisa sensata a fazer é segui-las “.

Fonte: Mal de Sardegna e dintorno. pagina facebook :

“Eleanor” na página.
Nas fotos: As explendidas jovens de “Za semus a frore”.
Por SSTM- Brasile

View original post 158 more words

Advertisements